Chega ao Brasil o McLaren 600LT

Com preço inicial de R$ 2,7 milhões, o supercarro traz a sigla LT, de Longtail (ou cauda longa, em português), que indica justamente os modelos preparados para correr em cirtuitos.

A família McLaren ganha um novo integrante no Brasil com a chegada do 600LT. O modelo inicia o próximo capítulo da história dos McLaren ‘Longtail’ (LT) e, ao mesmo tempo, estabelece uma nova referência como o mais rápido, mais potente e mais focado em pistas – mas ainda homologado para as ruas – dos McLaren Sports Series já criado. O carro foi apresentado nesta quinta-feira (14 de fevereiro) na sede da McLaren São Paulo.

McLaren 600LT

Inspirado no renomado McLaren 675LT e seu icônico predecessor de corridas “Longtail”, o McLaren 600LT foi construído para se destacar tanto nas estradas quanto nas pistas. A nova adição à família LT tem todas as características físicas de um verdadeiro McLaren “Longtail”, incluindo uma silhueta alongada em 74 mm; ele também tem um divisor dianteiro estendido, difusor traseiro alongado e asa traseira fixa. No total, mais de 23% das peças (em número) são diferentes no McLaren 600LT padrão, comparado a um McLaren 570S Coupé.

Construído usando o chassi monocoque leve de fibra de carbono pelo qual a McLaren é reconhecida, o 600LT se beneficia ainda mais da nova carroceria de fibra de carbono que reduz o peso do veículo e otimiza o desempenho aerodinâmico. Saídas de escape em posição superior exclusivas garantem que o novo modelo LT tenha uma aparência distinta, que o identifica como algo particularmente especial, além de proporcionar uma diminuição substancial de peso e uma incrível experiência sonora.

McLaren 600LT

O interior minimalista e focado em pista tem bancos de corrida de fibra de carbono de baixo peso, vistos pela primeira vez no McLaren P1 ™, e acabamento com uso extensivo de Alcantara®. Se o cliente desejar ainda menos peso, estão disponíveis bancos de fibra de carbono super leves, desenvolvidos para o McLaren Senna. A McLaren Special Operations (MSO) oferece uma linha de recursos que inclui um teto de fibra de carbono, arcos da capota e pára-choques dianteiros de fibra de carbono ventilados. Com todas as opções de diminuição de peso instaladas, o peso do novo McLaren 600LT é de 1.247 kg.

Para fornecer o desempenho extremo apropriado para um LT, o McLaren 600LT é movido por um motor V8 biturbo de 3,8 litros que se beneficia de um sistema de refrigeração aprimorado e redução da pressão de retorno em um sistema de escape ainda mais curto e mais extremo que o do McLaren Senna. A potência máxima é de 600 HP, com torque máximo de 620 Nm e relação peso-potência de impressionantes 2,078 kg/HP. A aceleração de zero a 100 km/h leva 2,9 segundos.

Adriano Rocha

Deixe seu Comentário

Advertisement Amarok

Hospedado por ServerPro