Yamaha Factor

Básica agora mais leve e barata

Yamaha aposta no seu modelo líder de vendas e lança nova geração 2014 com versão básica a partir de R$ 5.390

Já diz o ditado que não se mexe em time que está ganhando. Por isso a Yamaha não quis arriscar quando apresentou as novidades da linha Factor, a moto mais vendida pela marca no Brasil. Apesar de ser chamada de ‘segunda geração’ pela Yamaha, a nova Factor vem com poucas alterações.

Toda a linha da Factor – disponíveis nas versões E, ED, K e a nova K1 – chegou com alterações estéticas, deixando-a com linhas mais arrojadas e esportivas. Entre as novidades de design, destaca-se o novo conjunto de tanque e tomada de ar mais robusto, esportivo e com melhor encaixe às pernas, melhorando ainda mais a ergonomia. A traseira ganhou um desenho mais afilado, fugindo do padrão atual da categoria que prioriza formas quadradas. O painel com mostrador em branco está mais moderno, bem como os novos para-lamas, com visual mais anguloso e o escapamento reformulado.

O motor continua o mesmo de quatro tempos monocilíndrico de 124cc. Apesar da versão vendida na Europa já contar com injeção eletrônica, no Brasil, a marca optou por manter a versão com carburador, que tem acionamento a vácuo e sensor TPS que auxilia na redução do consumo. O rendimento do motor permanece com potência de 10,2 cv (a 7.800 rpm) e torque de 1.0 kgfm (a 6.000 rpm).  O conjunto teve uma redução de 5 kg, passando para 105 kg (versões K1, K e E) e 107 kg (ED). O tanque mantém a capacidade de 13 litros.

A grande novidade do modelo é a versão K1, versão de entrada para os novos motociclistas, com preço público sugerido de R$ 5.390,00. O modelo é o mais básico da linha e tem partida a pedal, freios a tambor e pedaleiras fixas ao chassi. Disponível nas cores preta e vermelha, além do baixo consumo de gasolina característico da linha, a K1 conta com condições especiais de compra, que permite o parcelamento em até 72 vezes.

Adriano Rocha

Deixe seu Comentário

Advertisement Amarok

Hospedado por ServerPro